A quantos palmos de distância?

Padrão

 

Sempre antes de dormir, com tudo apagado, como se a vida estivesse em suspensão, eles conversavam.

– De quem é a culpa, Carlos?

– Por que você ainda insiste nisso? A gente não pode ter tudo.

– A coruja tinha avisado. Nós não escutamos!

– Para com essa palhaçada, Andréia! Era a melhor escolha naquele momento. Não tivemos outra alternativa.

– Tínhamos, mas nunca podíamos imaginar. Ela estava louca, apática, sem amigos… Precisava voltar a ter um agito.

– A gente tinha que ter feito algo. A gente fez. Acho que não me arrependo. Se não tivéssemos mandado ela para os EUA, a tragédia tinha acontecido antes.

– Não fala isso! Foi aquele menino estrangeiro o culpado. Eu queria encontrar com ele, olhar nos olhos dele, bater na sua cara…

– Você não ia fazer isso, Andréia. Você só iria chorar.

– Não consigo parar. Qualquer cômodo que olho me lembro de uma época da sua infância ou da adolescência. Queria ser como você, reter as lágrimas.

– Acho que segurar dói mais.

– Falando nisso, por que você chorou incompulsivamente daquela vez? O que te motivou a quebrar a TV? Eu fiquei assustada. Achei que você fosse cometer uma loucura a si mesmo como ela.

– Eu já te falei que não quero falar disso.

– Carlos, se eu estou perguntando, é porque quero saber. Nós prometemos estar juntos.

– Não sei se quero dividir isso…

– Anda, fala!

– Foi por causa do seriado. Ele disse algo que… dói.

– O quê?

– Você não vai querer saber.

– Fala, por favor. Já passamos por coisas piores.

– “You know what I find interesting? If you lose a spouse, you’re called a widow or a widower. If you are a child and lose your parents, then you are an orphan. But what is the word to describe a parent who loses a child? I guess that is just too fucking awful to even have a name”.

Depois daquelas palavras, nunca mais conversaram na cama.

 

José Eduardo Brum

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s