Pílulas bienais

Padrão

 

Tietagem: jovem faz pose para tirar retrato ao lado de ídolo. Ao lado de um estande, estudante levanta o pezinho ao ser fotografada ao lado de uma capa de livro em formato ampliado dos Lusíadas, de Camões. Preterido, Memórias Póstumas de Brás Cubas teve a carência suprida horas depois quando outra, mais moça, fez o mesmo. Não havia obra de Jorge Amado no painel.

Musa literária: grades impedem fãs de se aproximarem de capa. Com o nome na capa da publicação, a musa literária arrancou gritos de fanáticos por uma foto das muitas que ela distribuía. Um dos rapazes, decepcionado, mostrou a foto: “pelo menos poderia ter autografado.” Foi mais difícil vê-la ao vivo do que na revista masculina.

Filas: confusão é resolvida com decisão amistosa. As filas para receber autógrafos de Ziraldo e de André Vianco se misturaram, gerando problemas entre os freqüentadores. “Eu estava indo pra lá e de repente cheguei aqui!” não entendeu um leitor. Diante da festa de literatura, os autores resolveram optar pela fila única e assinavam as obras do Vampiro Maluquinho.

Millôr: e daí se escreveu e não leu, pelo menos o livro vendeu.

 

Gustavo Burla

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s