Os seguidores

Padrão

Naquela manhã ele acordou para descobrir que tinha cinco seguidores. Como assim?, ligou para um amigo.

– São seus seguidores, eles te seguem, tudo o que você fizer eles fazem.

– Onde eu for eles vão?

– Vão.

– Se eu correr eles correm?

– Correm.

– Se eu… ah, sei lá, se eu começar a dançar no meio da rua…

– Eles dançam. Alguns ajudam a parar o trânsito, pro seu bem, mas o resto dança.

– No banheiro?

– Se você não for esperto, eles entram.

– Não tenho mais privacidade?

– Só com eles.

– E se eu não fizer nada?

– Eles esperam, o tempo que for necessário.

– E o que eu posso fazer?

– Aproveite. – e desligou.

Sentou-se com o telefone na mão sob tantos olhares. Refletiu sobre tanta insanidade, e isso eles não poderiam fazer, ou pelo menos acreditava. Olhou para o relógio, já era tarde, mas nem sempre tão tarde que não pudesse ser tempo. Diante dos seguidores abriu Alice no País das Maravilhas.

Gustavo Burla

Anúncios

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s