42 anos

Padrão

Nessas conversas de crianças aos 10 anos teve uma visão: infartaria aos 42 anos. Se não fosse assim, viveria até 110, mas a plausibilidade manteve a ideia fixa dos 42. Desde então acreditou, embora ninguém levasse a sério a visão infantil. Nem ele.

Mantinha o ritmo que lhe aprouvesse, sem muitas atividades físicas, mas o suficiente para sentir-se bem, sem muita salada, comendo um torresmo vez por outra e bebendo socialmente.

Quando completou 30, fez check up no cardiologista, exames de sangue, urina, fezes, enfim, tudo o que tinha prometido quando teve a visão, para confirmar o prognóstico. Seu coração é de criança, decepcionou-lhe o médico, e foi logo contar a um amigo, que perguntou: em que época dos 42 anos vai infartar?

Daquele dia em diante, ainda com 30 anos, incorporou a dúvida e taquicardias e cabelos brancos. Envelheceu em 12 mais que nos 30 e acordou cedo para completar 42 anos.

Pouco passadas as badaladas do meio-dia, quando chegou a hora em que tinha nascido, começou a sentir uma dor no peito. Estou infartando! sorriu. E mesmo com todos os cuidados de todas as vertentes possíveis da medicina e do ocultismo, passou 365 dias infartando.

Gustavo Burla

Anúncios

»

  1. Eu pressinto que vou morrer aos 100 e ainda assim não tenho a mesma facilidade em falar da morte e muito menos a mesma alegria! ainda assim adorei o post:)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s