Trilhas

Padrão

– Limpa e perfeita. Não vejo nada de mais com suas vistas. Está tudo certo.

– Não tenho nenhum problema interno, doutor? Não preciso de correção?

– Nada. Está perfeita. Pode agradecer a Santa Luzia. Que cara de decepção é essa?

– Pensei que fosse algo físico. Sou incurável.

– Que problema o senhor acha que tem?

– Acho não, doutor. Tenho certeza. Choro pra dentro. As lágrimas descem, ao invés de pularem pelas faces. Ninguém percebe o quanto sofro. Não lembro quando isso começou. Só sei que elas teimam em descer atrás da pele, não por cima.

– Explique melhor.

– Elas não escorrem pelas bochechas, simplesmente caminham pro meu interior. Às vezes, é bom. As pessoas não percebem minha fraqueza ou meus sentimentos. Quando meu melhor amigo me abandonou por outro igualzinho a mim, eu ria do entrosamento deles, mas sentia as lágrimas internamente. Achava que eu as engolia. Só que dói tanto. São elas que me engolem.

– Eu… … Não… … Não sei o que dizer…

– O pior foi na morte de mamãe. Esperavam por gritos e choros. Não conseguia. Se eu esperneasse, ia me sentir artista fraco de TV que se esforça, e o choro não vem. Aquelas lágrimas foram as piores, doutor. Ardia. Corroía. Deixaram um buraco. No meu íntimo, elas só devastaram mais o caminho interno do choro.

– … … você… … Já tentou terapia?

– Tive alta em duas sessões. Não tenho neuras, nem problemas. Por incrível que pareça, sou normal da cabeça.

– Você está chorando agora?

– Claro. Como acha que me sinto? Ninguém é capaz de me ajudar… Como percebeu?

– Porque… Nunca falei isso com ninguém. Eu parei de chorar, porque não posso. Se eu deixar, as lágrimas vão para o cérebro. Ganho hidrocefalia. A pressão de tanto líquido e dor pode literalmente me matar. Já fiz três drenagens.

– …O seu choro… vai irrigar e acalmar a mente, que é pra mim a mãe de todos os sentimentos.

– E o coração?

– É só a fachada.

José Eduardo Brum

Anúncios

»

  1. Incrível como você construiu a narrativa de forma a me fazer sentir cada palavra, cada lágrima “interior”. Talvez a própria sociedade atual tem nos feito agir assim. Vivemos hoje o auge do “espetáculo humano”, em que ser feliz deixou de ser uma vivência verdadeira para se tornar uma mera estampa que ganha as páginas das redes sociais como um troféu. E a gente deixa de dar sentido a tudo o que vivemos e ambicionamos. Os relacionamentos perdem espaço e a aparência ganha uma posição de destaque. Com isso, quem ainda sente de verdade, chora por dentro, mas mesmo que o faça às avessas, ainda demostra que sua existência tem um sentido verdadeiro. Parabéns pelo brilhante texto!

  2. Zé, voce nunca me pede pra ler seus textos mas quero te dizer que leio todos e sempre amo. Mas esse…nossa, esse me emocionou. Lindo!!! Você é especial!

  3. Simplesmente lindo Zé, emocionante. É incrível como seus textos me atingem em cheio, e mesmo alguns tendo cunho cômico, me levantam alguns questionamentos. Uma pessoa que consegue despertar isso, tem um dom, é mostrar o como vc é incrível. Continue sempre me levar com suas palavras, devaneios internos. haha Bjeijoss

  4. Muito bonito o seu dom de arrepiar a pele, de fazer refletir, de tocar o coração (ou o cérebro hahaha) de quem lê os seus textos!! Parabéns, Zé!! 😀

  5. Zé, o seu dom é incrível.. Tocar as pessoas da forma como vc faz com seus textos é algo raro e, na maioria das vezes, só os clichês mexem com a gente e muitos autores insistem no banal pra não perderem público, o número de leitores! Mas eu sei que você não se preocupa com isso e isso te permite mexer com a gente abordando assuntos que muitas vezes não queremos pensar sobre… Eu choro por dentro, mas nunca tinha parado pra pensar nisso! Isso que é o mais interessante nos seus textos.. Além de muito bem escritos, eles nos deixam com um gostinho de quero mais, no sentido de pensarmos mais sobre o que você escreveu… Acredito muito em você, acredite também! Você é muito incrível! Amo ser sua amiga e amo ser parecida com você! Obrigada por compartilhar comigo esse seu dom!!!
    SUCESSO SEMPRE!

  6. Ze, vc é um sucesso! Conseguiu contar de um jeito simples algo que fica entalado dentro da gente…quem nunca sentiu isso? Sofrer por dentro…carregar um falso sorriso e nao dividir com ninguem? É muito melhor qdo a gnt consegue colocar pra fora, pq desapegamos…senao vira mágoa, remorso…

    Parabéns pelo brilhante texto! Me tocou muito!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s